Jovem é condenado a oito anos de prisão por tentar matar desafeto com golpes de barra de ferro

Na segunda-feira, 03, Diogo Castro dos Reis sentou-se no banco dos réus, na última sessão de julgamentos da Comarca de Itaúna, neste semestre. O rapaz foi acusado de tentativa de homicídio, qualificado pelo uso de recurso impossibilitador de defesa. De acordo com os autos do processo, no dia 10 de julho de 2016, por volta das 15h50, nas proximidades da Praça Luiz Ribeiro, na região central, Diogo agrediu Valério Máximo da Silva na cabeça, com uma barra de ferro.

Os golpes causaram lesões graves à vítima, socorrida e encaminhada inicialmente ao Hospital Manoel Gonçalves e, em seguida, ao “João XXII”, em Belo Horizonte, onde recebeu tratamento. A motivação do crime está relacionada a desentendimentos em razão de comentários acerca da vida pessoal do autor. Valério foi atingido de surpresa, pelas costas, após desembarcar do ônibus em que voltava da empresa, ao fim do turno de trabalho. Diogo recebeu a pena de oito anos, oito meses e 20 dias de reclusão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.