Quarta, 15 Agosto 2018

Unidade básica de saúde no topo da lista de reivindicações

Publicado em Saúde Terça, 17 Julho 2018 14:27
Avalie este item
(0 votos)

Desde que foi criado, o Santa Edwiges vive isolado e os moradores têm que buscar acesso aos principais serviços públicos, como nas áreas de Saúde e Educação, em outras regiões. Apesar da necessidade de vários investimentos no bairro, em relação à infraestrutura, por exemplo, a população defende como demanda urgente a instalação de uma unidade da Estratégia de Saúde da Família – ESF, principalmente pelas limitações do transporte coletivo, motivo de muita insatisfação, devido aos atrasos. “Está tudo parado, tudo a mesma coisa. Nada mudou. Continuamos sem um posto. O serviço de ônibus é muito questionado, por causa dos horários, pois as pessoas chegam tarde ao trabalho, o que é um grande transtorno. A iluminação está horrível, piscando muito. Em alguns lugares, as lâmpadas nem funcionam mais. Na rua principal, o calçamento está afundando. Eu ligo direto para o Saae olhar isso, porque entope muito e é perigoso. Mas, ficamos como num jogo de pingue-pongue”, comentou a líder comunitária, Gláucia Maria Leite.

Deixe um comentário

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd