Romeu Zema visita Itaúna para conhecer estrutura e método da Apac

Neider solicita pagamento previsto em convênio para duplicação da ponte no Distrito Industrial; governador reafirma compromisso com a regularização dos repasses constitucionais

Primeira cidade incluída na agenda oficial de Romeu Zema, Itaúna recebeu o chefe do Executivo estadual e o vice, Paulo Brant, além do presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG -, Nelson Missias de Morais, e a desembargadora Márcia Milanez, nesta quinta-feira, 10. O prefeito Neider Moreira e o presidente da Câmara, Alexandre Campos, acompanharam a comitiva, que percorreu a unidade local da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – Apac – considerada referência internacional. Também participaram do encontro o juiz criminal Paulo Antônio de Carvalho, o secretário municipal de Planejamento e Governo, Alisson Diego Batista Moraes, o presidente do Centro de Desenvolvimento Socioeconômico – CDE -, Maurício Nazaré, e o novo superintendente regional de Saúde, Alan Rodrigo da Silva.

Ao conhecer de perto a estrutura e o método adotado pela instituição, Zema assumiu compromisso de duplicar até o fim do mandato o número de vagas no sistema. Atualmente existem aproximadamente quatro mil recuperandos no regime, em todo o estado. Foi a primeira vez que um governador em exercício esteve na Apac, conforme informado pelo TJMG, responsável pelo convite e organização da visita, que terminou com um almoço no refeitório da entidade.

“Saio daqui muito impressionado com o trabalho digno que é feito. São quase 200 pessoas recebendo e tendo oportunidade de aprender uma atividade que será muito útil para elas. Vejo que é um caminho que temos que incentivar mais em Minas Gerais, pois representa um maior grau de ressocialização e também um custo menor para os cofres públicos. Um governo tem que atuar em todas as frentes. Educação é importante, desenvolvimento também, mas o ser humano não pode ficar relegado a um segundo plano”, afirmou Romeu Zema. O governador passou pela padaria, marcenaria, horta, cozinha, cantina, entre outros ambientes comuns na rotina dos recuperandos e o serviço de montagem de peças automotivas.

Demandas da cidade

De acordo com a assessoria de Comunicação da Prefeitura, Neider Moreira entregou ao chefe do Executivo mineiro ofício com solicitação de pagamento dos recursos previstos em convênio celebrado entre o Município e o Estado, visando a duplicação da ponte sobre o rio São João, no Distrito Industrial. “A obra é fundamental para garantia do escoamento da produção das empresas já em funcionamento naquela localidade, com eficiência e segurança. E, além disso, um atrativo para implantação de mais negócios e, consequentemente, geração de emprego e renda”, explicou o prefeito. Romeu Zema abordou a questão dos repasses constitucionais retidos pela gestão de Fernando Pimentel e reafirmou o compromisso de regularizar a situação. A dívida do governo de Minas Gerais com Itaúna chega a R$ 25 milhões.

O presidente do Centro de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental – CDE – Maurício Nazaré, destacou como um grande trunfo da visita a oportunidade de tratar pessoalmente com o governador os projetos para a segurança pública. O empresário abordou a importância da liberação de verba para a instalação de abrigo para menores infratores, que por ter como exemplo o modelo da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, ganhou o nome de “Apac Juvenil”. Ele também cobrou a construção da nova sede para a Polícia Civil, com integração de todos os setores, além de mais investimentos em efetivo, armamento, equipamentos e estrutura, para que a delegacia da cidade seja elevada a regional.

“Estou muito feliz por perceber que nosso município vivencia um momento único, com a nova gestão de Minas Gerais. Se soubermos valorizar, fazendo valer a parceria e atenção do governador, vice e toda a equipe do Executivo estadual, elevaremos Itaúna ao ponto que todos que amam esta cidade gostariam de ver”, comentou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.