Sábado, 21 Abril 2018

Os vereadores aprovaram durante a sessão plenária desta semana, projeto de lei que versa sobre a obrigatoriedade de os postos de combustíveis informarem os valores dos produtos comercializados em apenas dois dígitos decimais. A proposta visa fazer com que os estabelecimentos garantam mais transparência aos consumidores, tanto no painel quanto na bomba medidora, nos quais os números deverão ser apresentados de forma clara e inteligível. 

Conforme o texto original, quem descumprir a determinação ficará sujeito a penalidades, como multas ou até mesmo a cassação da licença. De acordo com a justificativa, a estratégia do terceiro algarismo é utilizada como mecanismo para disfarçar o preço real, confundindo e causando prejuízos aos clientes. 

 

O colesterol e o coração!!! 

Tratamentos - Parte 02

 

Como destacado em nosso último artigo neste jornal, o colesterol é uma substância encontrada em nosso organismo, classificada nos livros como lipídeo ou gordura que tem sua importância e seu papel.

Vários hormônios como testosterona, estrógenos tem no colesterol seu precursor; várias membras celulares tem no colesterol, sua estrutura.

Muito importante resultar que 70% do colesterol de nosso organismo é fabricado pelo fígado e apenas 30% vem da alimentação; daí muitas pessoas magras com colesterol elevado e obesas ou gordas com colesterol normal.

O colesterol tem uma característica importante, ele não é transportado pela corrente sanguínea; para isso é

ele usa um transportador, as lipoproteinas e são três, os principais transportadores, o HDL ou colesterol bom; o LDL, colesterol ruim ou mau colesterol e VLDL que transporta LDL, HDL e triglicérides, um outro tipo de gordura.

O grande problema do colesterol é o seu nível ou quantidade no sangue; isto porque em níveis elevados, a chamada dislipidemia acelera uma das principais doenças da atualidade, a aterosclerose ou arteriosclerose e que tem levado ao derrame, ave, avc ou a infarto do miocárdio, o ataque cardíaco, principal causa de morte entre as pessoas em todo o mundo.

Costumo ensinar meus alunos que considero o colesterol um sequestrador e os triglicérides como um trombadinha e que não quero nenhum deles por perto de min...rsrs

O endurecimento das artérias com a deposição de gordura, tem no colesterol um dos principais responsáveis. A dosagem do colesterol deverá ser feita anualmente e todas as pessoas, idosos, adultos,crianças, adolescentes devem já ter ciência de seu nível no sangue. O valor atualmente aceito pela  ciência é de 180 a 200 mg/dl em jejum.

Vale reforçar que 70% do colesterol em nosso organismo é fabricado pelo figado e 30% pela alimentação; e nas pessoas com dislipidemia ou colesterol elevado temos duas principais medidas a tomar: se a elevação está entre 200 a 250 mg/dl, não há necessidade de tratamento com medicamentos, desde que a pessoa não tenha outra doença metabólica importante como por exemplo diabetes; já em casos de colesterol acima de 250 m/dl os medicamentos são necessários por um tempo  ou às vezes por toda a vida.

Hoje gostaria de destacar duas ações que podem reduzir o colesterol: a alimentação com baixo teor de gorduras, evitando alimentos como bacon, chantily,biscoitos amanteigados, doces cremosos,pele de aves, camarão, queijos amarelos, carnes vermelhas  gordas, gema de ovos,creme de leite; faça opção por alimentos que reduzem o colesterol como vegetais folhosos, pão integral, cenoura, aveia,mamão,ameixa preta, quiabo, feijão.etc

A segunda ação que a pessoa deve fazer para reduzir o colesterol é praticar exercícios físicos em pelo menos cinco dias da semana, por trinta minutos.

Existem vários medicamentos que podem reduzir o colesterol, e o governo distribui nas unidades de saúde. 

Apenas seu médico deverá indicar ou substituir a medicação para reduzir o colesterol, bem como o tempo de uso.

Em nosso próximo artigo, iremos conversar sobre os triglicérides ou triglicerídeos.

Em caso de dúvidas ou maiores esclarecimentos: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG -, viabilizou, na segunda-feira, 12, uma composição entre o Instituto de Defesa Coletiva – IDC -, o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon – em Belo Horizonte, e a Defensoria Pública de Minas Gerais, de um lado, e o Banco Mercantil do Brasil S.A., de outro. Mediante acordo, devido às providências adotadas pelos órgãos, em decorrência de supostos abusos na contratação e renovação de empréstimos, a instituição financeira se comprometeu a adotar regras de boas práticas relativas às operações de crédito. 

A medida teve como fator determinante uma ação coletiva, visando extinguir possíveis práticas lesivas aos clientes do Banco Mercantil. Foram realizadas duas audiências, ao fim das quais, as partes apresentaram proposta escrita para a solução consensual da demanda, pleiteando a homologação. 

O Ministério Público acompanhou o processo e deu parecer favorável à validação do termo, que possibilitou a extinção de inúmeros litígios judiciais, com foco no interesse de milhares de correntistas, conforme divulgação do TJMG. Entre os vários pontos pactuados, está o dever da instituição financeira de ampliar a comunicação com os clientes, fornecendo informações mais claras e adequadas a respeito da contratação dos serviços bancários.

 

Está em trâmite na Câmara, um projeto de lei, de autoria de Lacimar Cezário, o “Três”, que visa a regulamentação do uso de espaços públicos por bares e restaurantes, para a colocação de mesas e cadeiras. A apropriação das calçadas dos estabelecimentos é uma prática antiga, porém, os comerciantes acabam extrapolando e pedestres reclamam das dificuldades de locomoção. 

O assunto entrou em pauta durante a reunião ordinária dos vereadores de terça-feira, 13. Gláucia Santiago propôs uma reunião com representantes dos empresários do segmento e da população. “Precisamos olhar as duas partes e todos os envolvidos podem ficar despreocupados, pois, buscaremos as melhores alternativas para que ninguém saia prejudicado”, garantiu. 

Anselmo Fabiano afirmou que considera a acessibilidade no município precária, mas defendeu o uso dos passeios. “Não é assim que resolveremos os problemas de mobilidade”, ressaltou. O autor da proposta explicou que a intenção não é prejudicar o comércio, mas sim, regularizar a situação, antes que o Ministério Público autue os donos dos bares e restaurantes. “Quero ajudar. Vamos debater o tema no próximo dia 26 e espero que tenhamos boas sugestões”, comentou “Três”. 

 

Prática na mira do Ministério Público 

 

Ainda em janeiro, o JORNAL S´PASSO publicou matéria acerca das cobranças do Ministério Público em relação aos abusos dos proprietários de estabelecimentos no uso das calçadas para acomodação de clientes. Na época, o órgão havia encaminhado ofício à Secretaria de Regulação Urbana, responsável por vistoriar e notificar os comerciantes que descumprem a legislação. Providências pela regularização já vinham sendo tomadas pelo setor de Fiscalização, para coibir os excessos, conforme informado à reportagem.  

De acordo com o Código de Posturas do Município, os passeios não podem ser usados de forma que isso prejudique a passagem. O artigo 266 da lei municipal estabelece que: “É proibido embargar ou impedir, por qualquer meio, o livre trânsito de pedestres ou veículos nas ruas, praças, passeios, estradas e caminhos públicos, exceto para efeito de obras públicas ou quando exigências de segurança determinarem”. 

Em vários pontos da região central da cidade, a saída para quem quer se deslocar de um lugar para outro é circular entre veículos, por causa da ocupação das calçadas por mesas e cadeiras. Há casos em que até mesmo partes das vias públicas são utilizadas como extensão dos bares e restaurantes, principalmente na avenida Jove Soares, ocupando as vagas destinadas a estacionamento.  

 

Torneio La Bombonera movimenta a região

Segunda, 19 Março 2018 10:38

No último domingo, 11, foi a final do 7° Campeonato de Futebol Society, realizado pela comunidade do Novo Horizonte, com a disputa pelo troféu entre duas equipes do Morada Nova: Aroeira e Dourada. O jogo movimentou o bairro e contou com a presença de vários representantes da Prefeitura e da Câmara. 

Além de promover o esporte, o torneio serviu para gerar maior interação entre o Novo Horizonte e outras localidades. O sucesso foi tanto, que a comunidade já está focada em preparar outra competição, ainda para este ano. 

O título de campeão ficou com a equipe Dourada, que levou ainda R$ 700. O segundo colocado recebeu R$ 300.  Durante a premiação, foi entregue o troféu “Amigo do Bairro”, criado para homenagear quem sempre ajuda nas causas locais. 

Ao todo, dez equipes participaram do torneio, que teve quatro meses de duração. A competição chegou a reunir um público de cerca de 400 pessoas. 

 

Desde 1992, a Associação de Moradores e Amigos do Novo Horizonte busca recursos para a edificação de um Centro Comunitário. Essa não é a única reivindicação do bairro em relação à infraestrutura. De acordo com o presidente da entidade, Cristiano José dos Reis, há necessidade de execução de vários projetos, principalmente para melhorias das vias, com asfaltamento, e iluminação. 

“Sobre a sede, já temos até a planta. Para lazer, contamos com uma pracinha, mas a população quer uma academia ao ar livre. Aqui está instalado o NAC Curumim, uma iniciativa muito bacana, mas a diretora, Maria Luíza, luta há anos pela construção de uma quadra para os meninos. Precisamos de asfalto, especialmente nas ruas Geraldo Augusto dos Santos, Ozéias Alves, Capitão Bento e Oromar Carlos Camargos, além de revitalização no campo do Flamengo. Já encaminhamos esses pedidos à Prefeitura. E, estamos tentando ainda o calçamento de um trecho da Aurélio Campos, que é de terra. As crianças que estudam no Caic têm que passar por lá e chegam à escola totalmente sujas, por causa da poeira”, relatou Cristiano. 

Sem espaço adequado, o Novo Horizonte não consegue a implantação de oficinas para a comunidade, como aulas de zumba, por exemplo, oferecidas em várias outras regiões. Ainda segundo o líder comunitário, os moradores também cobram a instalação de arquibancada e de luminárias no campinho de futebol. 

“Tivemos um resultado muito significativo com a última competição que organizamos. Divulgamos bastante e várias pessoas vieram prestigiar os jogos. Seria muito bom se a administração municipal fizesse essas obras, para garantir mais conforto ao público. E, poderíamos aproveitar o local à noite também”, explicou.

O presidente da associação ressaltou que o bairro tem recebido suporte do poder Legislativo e das secretarias de Esportes e de Assistência Social. “Ajudam muito. No torneio que fizemos, contamos com o apoio de vários vereadores e também do Executivo”, afirmou. 

A população aguarda ansiosa a chegada da operação “Cidade Limpa” e já está atenta às datas de atuação das equipes da Prefeitura. Além da poda de árvores e capina, a ação pretende levar serviços de manutenção e sinalização das vias a todos os bairros.  

 

Transporte coletivo 

 

Uma das conquistas dos moradores do Novo Horizonte junto ao Município foi a implantação de linha do transporte coletivo para circulação dentro do bairro. Os usuários do serviço alcançaram o objetivo e agora vão lutar por mais melhorias. 

 “Há muitos anos, a gente vinha tentando mudar o itinerário do ônibus. Nós conseguimos! Agora a proposta é ampliação dos horários, o que vai garantir melhorias para todos”, contou o presidente da associação. 

 

Lideranças buscam capacitação 

 

Membros da Associação de Moradores do Novo Horizonte participam do curso de formação de lideranças comunitárias. A capacitação é oferecida pela Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL -, Associação Comercial e Empresarial – ACE -, Sindicato do Comércio Varejista de Itaúna – Sindicomércio, Sicoob Centro-Oeste e Secretaria Municipal de Assistência Social. O presidente da entidade, Cristiano José dos Reis, disse à reportagem que todos estão bastante empolgados com a iniciativa, gostando muito das aulas. “Vamos apresentar nosso projeto de construção da sede, talvez consigamos apoio para a arrecadação dos recursos”, comentou.  

Comunidade unida mantém organização e garante tranquilidade ao bairro

 

De acordo com o presidente da Associação Comunitária do Novo Horizonte, Cristiano José dos Reis, a união dos moradores tem feito com que o bairro se torne um lugar cada vez melhor e mais tranquilo. Segundo ele, cada um contribui com o que pode para manter os espaços públicos cuidados e aumentar a segurança.

“Infelizmente a região é mal falada, muita gente tem uma imagem que não corresponde à realidade. Ainda não temos dificuldades para tirar esse foco. Mas, hoje, o bairro é um dos menos violentos de Itaúna, por causa da mobilização social. Aqui um ajuda o outro, um olha a casa do outro e quando vê algo diferente avisa ao vizinho, denuncia. Nós trabalhamos a conscientização, incentivamos as crianças a seguirem pelo caminho do esporte. E todo mundo é bem recebido aqui. As relações são muito boas, o que falta é infraestrutura”, disse Cristiano. 

O presidente da associação destacou ainda o trabalho da Polícia Militar, que realiza rondas com freqüência e, quando necessário, aborda as pessoas em atitudes suspeitas. Os moradores criaram grupos no Facebook e Whatsapp para facilitar o contato. Nesses canais, eles trocam informações e divulgam questões de interesse público, como palestras, combate ao mosquito da dengue, ações realizadas no bairro, entre outras. 

 

 

Mais uma rodada, a terceira, da fase classificatória da Copa de Futebol Society, será disputada amanhã, 18. Seis equipes entram em campo no Olarião, a partir das 08h30. Rosa e Sujeira abrem a manhã de competições; às 09h30 é a vez de Falcatrua e Rebeldes; e às 10h30 o Kashasamba recebe o Sicoob.

O torneio é uma realização da Prefeitura, por meio Secretaria de Esportes e Lazer. O campeonato reúne dez equipes, divididas em duas chaves. O vencedor será conhecido dia 29 de abril.

Na primeira rodada da Copa de Futebol Society, disputada em 04 de março, a equipe do Rosa venceu por 7 x 2 o América. Rebeldes e Rosário terminaram empatados em 4 x 4. No último domingo, dia 11, outras três partidas validaram a segunda etapa. O Grêmio venceu por 5 x 3 o América e a equipe do Borússia perdeu por 2 x 3. Para o Rosa e houve um empate em 4 x 4 entre Sicoob e Falcatrua.

 

O Flamengo de Itaúna estreará na Copa Estadual Dadazinho de Futebol no sábado, 24. A partida será em Pará de Minas, contra o Inter de Divinópolis. Em 07 de abril, a equipe itaunense entrará em campo novamente, em confronto com o Inter São Gotardo e dia 14 enfrentará a Seleção de Pará de Minas. O Flamengo participa da competição com a categoria Sub-14. 

 

Teve início no domingo, 11, a 33ª edição da Copa Francisco Ramalho de Futebol Rural. Em 2018, a competição reúne 11 equipes e mais de 130 jogadores. Os times foram divididos em duas categorias, A e B. Com jogos realizados aos domingos, o campeonato será encerrado em 27 de maio, após nove rodadas classificatórias e eliminatórias. Cinco partidas marcaram o início das disputas; Pedras 0 x 2 Grota Paulista; Ponte Nova 2 X 4 Brejo Alegre; Carneiros 0 X 0 Campos; Vista Alegre 1 X 4 Freitas; Fundão 4 X 2 Lopes.

Para amanhã, 18, às 09h45, está marcado o confronto entre Lopes e Pedras, no gramado de Campos. No mesmo horário, Cachoeirinha recebe Ponte Nova; e o Carneiros vai até Brejo Alegre enfrentar a equipe local. Às 14h, tem Freitas e Fundão, em Freitas; e Grota Paulista e Vista Alegre, na Barragem.

 

A Prefeitura de Itaúna abriu chamamento público para receber propostas de entidades e associações que tenham interesse em administrar as praças de esportes Juscelino Kubitschek de Oliveira, no bairro Cerqueira Lima, e São José, em Garcias. O edital é previsto pela lei n.º 13.019/2014, que estabelece o regime jurídico das parcerias voluntárias, envolvendo ou não transferências de recursos financeiros, entre a administração pública e as instituições.

Podem participar, além das Organizações da Sociedade Civil – OSC, definidas pela atual legislação; entidades privadas sem fins lucrativos; sociedades cooperativas previstas pela lei n.º 9.867; e as organizações religiosas que se dediquem a atividades ou a projetos de interesse público. O contrato permitirá repasses, por parte do Município, à detentora do Termo de Colaboração. Não será exigida contrapartida. 

O edital e os anexos já estão disponíveis para consulta pública. Os interessados podem ter acesso na Gerência de Compras e Contratações, localizada na sede da administração municipal, no segundo andar, ou pelo www.itauna.mg.gov.br/site/transparencia/licitacoes. Informações e esclarecimentos também serão concedidos pelo telefone 3241-1212 ou 3242-7192.

O período para a entrega das propostas teve início em 12 de março e se estende até 16 de abril, das 07h às 16 horas.  A divulgação do resultado preliminar está prevista para o dia 27 de abril, data a partir de quando estará aberto o prazo para interposição de recursos.  O secretário de Esportes, Gustavo Barbosa, destaca a importância das novas parcerias que poderão ser firmadas. “A medida justifica-se pela necessidade da manutenção eficiente das atividades e dos espaços, objetivando o desenvolvimento de ações comunitárias e esportivas e visando atender a demanda dos sócios, das crianças e adolescentes que frequentam esses locais, com realização de eventos para a comunidade”, explica.  

 

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd